O conceito consiste na representação da língua, simbolizada pelo Alef, sendo cuidada, sustentada no contemporâneo (simbolizado pela mulher e pelo desenho moderno da letra) e iluminada pelo antigo, pela tradição. Essa iluminação duplamente simbolizada pelo olhar do ancião (pois os olhos são a lâmpada do corpo, conf. Mt 6,22) e a Menorah.
Tudo isso envolto em um cenário que floresce, simbolizando a realidade da língua florescendo desde a antiguidade até os tempos atuais.

Ilustrador, Diretor de Arte, Designer e Grafiteiro

Gleydston Barba